AO VIVO

quarta-feira, 6 de janeiro de 2016

Liverpool sai na frente na semifinal da Copa da Liga Inglesa

Os Reds arrancaram com uma boa vantagem para a segunda partida da semifinal da Copa da Liga Inglesa. Cheio de desfalques, o time comandado por Jurgen Klopp conseguiu conter o forte time do Stoke City no Brittania Stadium.
A partida de volta acontece no final do mês de janeiro e a decisão, em Wembley, em Fevereiro.


A partida começou quente em Stoke-on-trent. O Brittania recebeu uma grande público. Os potters tem empolgado até na temporada da Premier League, tendo batido os ditos grandes em seu estádio, como o Arsenal, Manchester City, United e o próprio Liverpool.


Com um futebol mais vistoso, o Stoke City deixou de praticar aquele futebol dos anos 90, vem mantendo o time da terra da cerâmica na principal divisão do futebol inglês.
Com Tony Pullis, era muito futebol dos anos 90, tipico futebol inglês. Aquelas duas linhas de 4 e um centroavante para empilhar bola aérea. Até nos laterias, com Delap (quem não lembra!) era chance criada para o Stoke.
Chegou uma hora que esse estilo de jogo já não era mais suficiente. O Stoke não conseguia vencer seus jogos e sua manutenção na Premier League corria grandes riscos. O dono do Potters percebeu isso e resolveu mudar essa postura do time. A mentalidade passou a ser muito diferente da que vinha sendo colocada em prática. Mark Hughes foi o escolhido para implementar esse novo estilo de jogo para o Stoke. O dono do time entendia, no momento da troca, que para se manter na primeira divisão, era preciso jogar aquilo que os grandes tem jogado. 

E é isso que vem acontecendo. Antes, um empate contra os grandes em casa era considerado um bom resultado, hoje é péssimo. Isso muito porque, a divisão das cotas de TV tem igualado o poder dos ditos menores com os grandes. O trio final do Stoke tem Arnautovic, Bojan e Shaqiri. E ainda tem a sua disposição Afellay e Joselu.
Um bom elenco e jogadores decisivos fazem do Stoke um dos times mais complicados de se enfrentar. 

Os bons resultados na Premier League fizeram os torcedores do Stoke acreditarem que era possível conquistar um título nesta temporada. As chances na Copa da Liga Inglesa, eram reais, ou melhor dizendo, ainda são, porque teremos o jogo de volta e pode acontecer a reversão da vantagem dos vermelhos. Mas no jogo de hoje, a expectativa era de conquistar uma boa vantagem para a decisão no final do mês em Anfield.

Logo no começo do jogo, o Liverpool começou intenso, uma das cobranças de Klopp para com o seu time. Mas quando os Reds iam gostando do jogo, Coutinho acaba sentindo um problema na perna esquerda, que faz o jogador brasileiro deixar o jogo. Em seu lugar, entrou Jordan Ibe. O jogador seria decisivo, minutos depois, ao marcar o único gol do jogo.
Em jogada pela direita, a bola passa por toda a defesa do Stoke, mas não passa por Ibe, que de perna esquerda acerta belo chute, sem chance para o melhor goleiro da Premier League até agora, Butland.

Pra piorar, o Liverpool acaba tendo outra baixa ainda no primeiro tempo. O zagueiro Dejan Lovren também teve que deixar o time lesionado. Sem zagueiros no banco de reservas, Milner foi o escolhido pelo técnico alemão para entrar no time e Lucas teve de ser deslocado para a defesa, ao lado de Kolo Toure.

O Stoke foi pra cima em busca do empate, mas seu trio Bojan, Arnautovic e Shaqiri acabou não funcionando, com tem feito em boa parte dos jogos até aqui na temporada. 
No segundo tempo, Mark Hughes já começou com um time mais ofensivo. O ponta Walters entrou no lugar de Cameron, um volante. Até metade do segundo tempo, o técnico dos Potters apostou na velocidade para empatar o jogo. A estratégia acabou não dando certo, então foi a vez de apostar nas torres gêmeas que o técnico tinha no banco.

Primeiro a entrar foi o espanhol Joselu. Ele entrou no lugar de Bojan, que não fez uma boa partida. Joselu até conseguiu tirar o conforto da defesa do Liverpool. Em uma finalização do espanhol, na entrada da área, a bola desviou em Toure e quase enganou o goleiro Mignolet, que fez bela defesa.

Com dificuldades na criação de jogadas, o Stoke acabou parando na boa marcação defensiva do Liverpool, um dos pontos que Klopp cobrava do seu time. A equipe do alemão as vezes oscilava no meio do jogo, perdia intensidade e perdia jogos, um grande exemplo foi na partida do último sábado diante do West Ham, pela Barclays Premier League. 

As duas equipes voltam a se encontrar no final do mês em Anfield para saber quem disputará a final da Copa da Liga, mas até lá, compromissos com a Copa da Inglaterra, que começa nesse próximo final de semana e a Premier League, que volta no meio da semana que vem.