AO VIVO

sábado, 9 de maio de 2015

Real Madrid para em Diego Alves e Barça fica próximo do título


Nas últimas rodadas , o Real Madrid entrava na rodada já sabendo o resultado do Barcelona e o que precisava fazer. Neste sábado, não foi diferente. Quando se dirigia para entrar no gramado do Santiago Bernabéu, os madridistas já sabiam que o Barça havia vencido a Real Sociedad por 2-0.
Era vencer ou vencer.

A postura do Real Madrid foi essa no começo do jogo. Partiu pra cima do Valencia para jogar a responsabilidade para o time catalão, que na próxima rodada encara o Atlético de Madrid, em Madrid e qualquer tropeço do time de Luis Enrique poderia beneficiar o time de Ancelotti. Mas do outro lado, tinha o Valencia, brigando por uma vaga na Champions League e nem um pouco disposto a perder pontos em Madri.


Mas o Real Madrid não contava com a noite inspirada de Diego Alves e sua trave. Todo mundo sabe, que antes do inicio do jogo, goleiro costuma beijar as traves para ter sorte, ou para as mesmas os ajudarem durante o cotejo.
Diego Alves fez isso. E as traves ajudaram e muito o goleiro RESERVA da seleção brasileira. Foram duas bolas no travessão de Gareth Bale e outra de Cristiano Ronaldo. Sem contar numa finalização de Chicharito Hernandez que também pegou na trave. 
Foram três bolas em sequência carimbando o poste do goleiro brasileiro, as duas de Bale e a de CR7. E o futebol costuma ser cruel. Nesses momentos a gente resgata aqueles chavões: "Quem não faz leva. A bola pune." - e demais ditados boleiros. E foi o que realmente aconteceu.
Na primeira conexão de ataque do Valencia, bola pela esquerda para Jose Gayá. O ala fez um cruzamento primoroso na feição para Paco Alcácer, com apenas um toque colocar a bola pro fundo do gol, 0-1.

As câmeras da transmissão internacional mostraram os jogadores do Real Madrid, em especial Ronaldo e Bale perplexos com o que acontecia. Os dois bombardearam Diego Alves e não marcaram e na primeira escapa do Valencia, gol!
Mas tudo que está ruim, pode piorar. E piorou. Falta na intermediária para o Valencia. Dani Parejo mandou a bola na cabeça de Javi Fuego e de costas para o gol, ampliou o placar para 2-0.
Era inexplicável o que estava acontecendo o Bernabéu. Bale ainda teve mais uma chance, em um chute de longa distância, que o goleiro Diego Alves espalmou. 

O clímax da etapa inicial foi uma penalidade cometida por Gayá em Ronaldo. Dizíamos na transmissão o quão é difícil fazer gol em Diego Alves, seja com a bola rolando ou de bola parada. CR7 foi confiante pra bola. Deu paradinha e tudo mas Diego Alves mostrou porque entrou para história como maior pegador de pênaltis da Liga Espanhola. Dos 40 pênaltis contra a sua meta, Diego Alves pegou 19, desde que chegou na Espanha.

O jogo ficou todo pro Valencia. Que se resguardava e esperava a chance para o contra golpe. As imagens do intervalo mostravam os torcedores do Real Madrid incrédulos com o que estava acontecendo.

Ancelotti, que perdera Kroos no comecinho do jogo com lesão muscular, queimou seus cartuchos. Trocou seus laterais e partiu pra cima. E a pressão começou cedo. CR7, Chicharito, James e Isco começaram a armar seus canhões e mirar o gol do Valencia mas, Diego Alves seguia estupendo nas defesas. Foram duas grandes chances que pararam no goleiro. Mas Pepe conseguiu furar a parede do Valencia, após cobrança de escanteio. O zagueiro foi no quinto andar e numa linda testada descontou o marcador.

O Real se mandou pra cima em busca do empate. Os espaços foram aparecendo e o Valencia não aproveitou. Nuno Espirito Santo tinha peças para mudar o jogo. Percebendo que estava sendo amassado no seu campo, Negredo e De Paul foram as armar do técnico Português. Negredo entrou bem, conseguiu conectar algumas jogadas e teve duas chances claras de gol, mas acabou desperdiçando. 
O Real Madrid conseguiu o empate, aos 37 do segundo tempo. Isco finalizou de fora da área e marcou um belíssimo gol. Sem chance alguma para o goleiro Diego Alves.
Antes do final do jogo, o Valencia teve a chance de carimbar sua vaga para a Champions League, mas Carvajal bloqueou o chute de Rodrigo De Paul.

Os jogadores do Barcelona comemoram o segundo gol do Valencia e com a sua vitória na próxima rodada, contra o Atlético Madrid, o time catalão pode comemorar mais um título do Campeonato Espanhol.

Real Madrid próximos jogos: Espanyol (F) e Getafe (C)
Barcelona próximos jogos: Atlético Madrid (F), Deportivo La Coruña (C).