AO VIVO

sábado, 2 de maio de 2015

Fazendo História



Em 01 de maio de 2015 marca 50 anos da primeira aparição do Leeds United em uma final da FA Cup,nesse dia, em Wembley, provou ser histórico por mais de uma razão. Com a participação do meia esquerda do Leeds United  de 25 anos de idade, o  Sul Africano Albert Johanneson, que abriu novos caminhos no futebol com ele se tornndo o primeiro jogador negro a estar na tradicional final dessa competição. O resultado em si foi bem decepcionante, porém, mesmo com o Liverpool vencendo por 2 x 1 na prorrogação, não havia nenhuma grande supremacia naquela final.



O jogo parecia se caminhar para um 2ª jogo, mas a cabeçada fatal de Ian St. John garantiu o troféu que voltaria a Anfield . O envolvimento de Johanneson, apesar de não ter sido algo muito relevante, foi talvez o fator mais importante naquela tarde, em Wembley, e hoje ele é considerado um pioneiro, abrindo o caminho para inúmeros jogadores  negros viessem a ter sucesso no campeonato inglês.

Depois de ter sido trazido por um professor da escola que frenquentava em sua cidade natal de Joanesburgo, Albert impressionou os olheiros  do Leeds em seu teste para o time principal e logo se tornou o primeiro jogador negro a assinar um contrato com o mitico Don Revie em 1961. Ele foi um motor e muito regular na temporada de 1963/64 contribuindo com 13 gols no campeonato em que o clube ganhou o acesso da velha Segunda Divisão, com o seu ritmo explosivo e faro de gol fez dele um dos favoritos da torcida.
O ex-companheiro de equipe, Billy Bremner, artilheiro do Leeds em 1965, estava entre aqueles que falou muito bem dos atributos de Johanneson. "Eu gostaria de dizer que ele foi um excelente jogador. Ele era muito letal pelas alas e também era excelente defendendo", disse o lendário escocês. "Todos estavam sempre preocupados em ressaltar o fato de ele ser o primeiro jogador negro a fazer isso, ou o primeiro jogador negro a fazer isso. Eles esqueciam completamente fato de que ele era um jogador fantástico e merece reconhecimento como um ser humano e jogador de futebol profissional ".


Depois de nove anos em Elland Road e pouco menos de 200 jogos pelo clube na premiership, Albert partiu para York City, após uma sucessão de lesões e a ascensão do jovem Eddie Grey que limitou suas oportunidades na lateral,ele ficou mais dois anos no York antes de se aposentar em 1972. Sua história depois do futebol é triste,  Albert faleceu tragicamente com apenas 55 em 1995. 50 anos após esse dia em Wembley, todos no Leeds United lembram-se com carinho de Albert e são eternamente gratos pelo que ele fez, não só para o clube, mas para todo o esporte

Ficha do Jogo:
Liverpool: Tommy Lawrence Chris Lawler Gerry Byrne Geoff Strong  Ron Yeats (c) Willie Stevenson Ian Callaghan Roger Hunt Ian St. John Tommy Smith Peter Thompson  Técnico: Bill Shankly 
Leeds:  Gary Sprake, Paul Reaney, Willie Bell, Billy Bremner , Jack Charlton, Norman Hunter, Johnny Giles, Jim Storrie, Alan Peacock, Bobby Collins (c), Albert Johanneson 
Técnico: Don Revie

Texto de Emanuel Mourão